PORQUE O LIXO DOS OUTROS NÃO VEIO PARA ITAMBÉ? ASSISTA AO VÍDEO E SAIBA UM DOS MOTIVOS QUE IMPEDIU…

O grupo do MOVIMENTO PRESERVAR PARA VIVER iniciou pequeno, mas teve adesão da população a medida que os fatos iam se esclarecendo. Ainda antes da audiência pública em 2011 o grupo estudou todo EIA/RIMA elaborado pela equipe de Doutorado do CESUMAR/MARINGÁ.Estudamos analisamos e constatamos o grande risco que a comunidade e a sociedade como todo sofreria com as consequências de um empreendimento de alto risco de contaminação ambiental, proliferação de pragas e insetos e disseminação de doenças.Diante dos riscos iminentes de um ATERRO SANITÁRIO E INDUSTRIAL REGIONAL EM ITAMBÉ, O MOVIMENTO viu que era melhor enfrentar a maioria da população que se dizia FAVORÁVEL ao projeto do que enfrentarmos as consequências NEGATIVAS DO LIXO.

Motivados pelo Executivo municipal e carimbado pelos seus cabos eleitorais FAVORÁVEIS a Instalação do aterro, toda sua tropa de “companheiros” seguiam a “campanha” e não se cansavam de pregar sua posição FAVORÁVEL A VINDA DO LIXO DOS OUTROS PARA ITAMBÉ. Alienado nesta HISTÓRIA, tínhamos também o presidente do legislativo e a maioria dos vereadores da casa dos nobres edis, que se exaltavam para AFIRMAR que A SERRANA ENGENHARIA estaria trazendo para o município a oportunidade de geração de emprego e aumento dos tributos, causa que usavam e defendiam para justificar suas posições FAVORÁVEIS ao empreendimento do LIXÃO.

Os integrantes do MOVIMENTO PRESERVAR PARA VIVER, conhecendo as causas negativas de um aterro, buscaram assessoria jurídica. Procuramos o Ministério Público, e diante da analise feita do EIA/RIMA, vimos que o único caminho para salvar ITAMBÉ DO LIXO dos outros, seria impedindo a finalização da audiência pública, e foi assim que nos propusemos a esclarecer os pontos negativos para a sociedade, …Não tivemos o direito de usar o equipamento de vídeo da CASA DA CULTURA para mostrar o que queríamos, não tivemos o tempo que precisávamos, mas deixamos claro os perigos que a sociedade de ITAMBÉ pode sofrer com a implantação do ATERRO SANITÁRIO….Mesmo assim o Prefeito e os vereadores que defendiam o projeto não se renderam aos esclarecimentos e a justificativas CONTRÁRIAS que o MOVIMENTO PRESERVAR PARA VIVER alertou, foram simplesmente INCONGRUENTES diante do comprometimento que tinham assumido com a SERRANA ENGENHARIA, não poderiam mudar suas condutas diante dos fatos.

Os amigos itambeenses que se propuseram a abraçar a causa CONTRARIA na época, foram para a AUDIÊNCIA PUBLICA dispostos a tumultuar se fosse necessário, e diante da provável ocorrência, sabíamos que seriamos tachados de BADERNEIROS… Como realmente acabamos sendo tachados…mas FELIZMENTE impedimos o término da audiência. Ganhamos tempo suficiente para impetrar uma DENUNCIA junto ao MINISTÉRIO PÚBLICO, o qual através da Promotora a Dra MARIA APARECIDA M. PANGONI, foi possível impetrar a AÇÃO PUBLICA 038/2011, ação publica que tem o respaldo de parte da sociedade de itambé, pessoas que tomaram conhecimento e tiveram na época, a coragem de enfrentar a opinião publica da grande maioria da população e a repressão dos GESTORES PÚBLICOS MUNICIPAIS…

A QUESTÃO AGORA É OUTRA….e a pergunta constante da sociedade feita nas ruas, nas IGREJAS, nas ESCOLAS é sempre a mesma…SERÁ QUE O LIXO DOS OUTROS VAI VIR MESMO PARA ITAMBÉ?

….Bem amigos, isto só a JUSTIÇA vai decidir na SENTENÇA FINAL…estamos firme diante da AÇÃO PÚBLICA em tramite no judiciário, estamos recorrendo de todas as formas possíveis CONTRA A INSTALAÇÃO DO ATERRO SANITÁRIO EM ITAMBÉ DESDE JANEIRO DE 2011,…

UM DOS MAIORES PROBLEMAS QUE DEVEMOS ENFRENTAR…O problema nada mais é do causado pelo PODER PÚBLICO….PORQUE? ….PORQUE O PREFEITO MUNICIPAL DEIXOU CHEGAR AO PONTO QUE CHEGOU, DANDO TEMPO PARA A EMPRESA SERRANA ENGENHARIA  ADQUIRIR O TERRENO E OBTER A LICENÇA PRÉVIA DO IAP, e SÓ AGORA….só agora vir a público se manifestar contra.

PROBLEMAS A PARTE. ….E se você ACORDO AGORA PARA O PROBLEMA…e esta ai se orgulhado de ter colocado seu nome em um NOVO BAIXO ASSINADO liderado pelos CABOS ELEITORAIS DO PREFEITO, com objetivo maior de SALVAR O PREFEITO dos compromissos e do nível de comprometimento do PREFEITO com a Empresa SERRANA ENGENHARIA…Saiba que a questão da vinda ou não do aterro é judicial. A decisão final será a justiça, estamos literalmente nas mão do Poder Judiciário…nos defendendo de um setor do poderio econômico.

O poderio da MAFIA DO LIXO, hoje a A NÍVEL MUNDIAL, pode se considerar uma verdadeira MAFIA….Mafia igual ou superior a MAFIA DAS DROGAS…Corrompem e degeneram as pessoas e a sociedade.

A SUA ASSINATURA E A SUA BOA VONTADE, MESMO QUE SEJA NESTAS ALTURAS DO CAMPEONATO, PODE AJUDAR, ….MAS ASSISTA E REFLITA ….Se não fosse estas pessoas que você vai ver no vídeo, se dispuseram a levantar os braços e gritar em voz alta para impedir o término da AUDIÊNCIA PÚBLICA, …certamente meus amigos itambeenses, os URUBUS JÁ ESTARIA RONDANDO SUAS PESTANAS…

SEGUE PARTE DO VÍDEO DA AUDIÊNCIA ONDE MOSTRA A BRAVURA DAS PESSOAS PARA DEFENDER A COMUNIDADE DA IRRESPONSABILIDADE DO PREFEITO ZAMPAR E DO EX PRESIDENTE DA CÂMARA o Ex Vereador ANANIAS….e toda corrutela e cordeirinhos que os acompanharam na iniciativa e na defesa do que hoje …JÁ É MAIOR PROBLEMA INSTALADO EM ITAMBÉ NO DECORRER DE TODA HISTÓRIA.

PORQUE QUE O LIXO DOS OUTROS AINDA NÃO VEIO PARA ITAMBÉ?
ESTA É A PERGUNTA QUE VOCÊ DEVE SE FAZER…ASSISTA A BADERNA E SAIBA QUE ESTA ATITUDE FOI UMA DAS ATITUDES TOMADAS E QUE  AJUDOU A SALVAR ITAMBÉ DO LIXO ATÉ AGORA…http://www.youtube.com/watch?v=1bErYkUJP2E
AUDIENCIA PUBLICA DO ATERRO SANITÁRIO E INDUSTRIAL DE ITAMBÉ/PR – JANEIRO 2011
Por Valdir Edemar Fries.

Sobre valdirfries

Téc. Agropecuário - 1980. Extensionista Rural da ACARPA/EMATER-Pr entre os anos 1981 a 1987, com serviços prestados nas regiões de UNIÃO DA VITÓRIA, CURITIBA, PATO BRANCO. Na região de MARINGÁ trabalhou mais especificamente na RECUPERAÇÃO E CONSERVAÇÃO DE SOLO E ÁGUA - responsável téc. a nível de campo na implantação da adequação das estradas rurais nos municípios de FLORESTA E ITAMBÉ - Pr, concluindo os trabalhos do sistema de microbacias integradas em 100 % da área territorial dos dois municípios). PLANEJAMENTO E ASSESSORIA AGROPECUÁRIA - 1987 a 1996 em áreas do Estado do Paraná e do MATO GROSSO (Nova Mutum, Lucas do Rio Verde e Sorriso). Secretário de agricultura e meio ambiente de Itambé - Paraná de 88 a 1996. Vereador em Itambé - 97 a 2000. PLANEJAMENTO E ASSESSORIA PÚBLICA a partir de 1996, Com especialização na elaboração de planos de trabalho dos programas de governo; SICONV; De 1997 a 2010 realizou o acompanhamento e tramitação de processos de convênio de Municípios Paranaense junto aos Ministérios de Estado em Brasilia. Produtor Rural - Itambé Pr, a partir de 2008 tem se dedicado principalmente nas atividades da produção agrícola e na edição de artigos relacionados ao AGRONEGÓCIO BRASILEIRO.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.