DECRETO 8243/2014 – NO SENADO QUEM NOS DEFENDE??? Governistas já estão de plantão enquanto a “líder do agro” KATIA ABREU deve estar em sono profundo.

A hora e a vez do SENADO FEDERAL debater e votar o ATO DITATORIAL DO REGIME PETISTA…. Editado com o objetivo de proporcionar super poderes ao Secretário Geral da Presidência da República, com direito ao aumento dos custos administrativos, e consequentemente maior aporte de recursos junto ao OGU e assim poder comandar um exercito de “conselheiros”…

Bem da verdade, Conselhos populares e audiências públicas sempre existiram e sempre tiveram sua participação de forma especifica nas politicas públicas junto aos Ministérios… Sejam os conselhos da saúde, do meio ambiente, educação, assistência social, e tantos outros de diferentes áreas, todos já garantidos com as prerrogativas da constituição com o aval de toda a sociedade. São milhares de Conselheiros Municipais e Estaduais integrantes dos Conselhos já existem… São centenas de audiências públicas que se realizam no dia a dia sob o comando da própria sociedade civil…. Agora o PT quer institucionalizar toda participação da sociedade civil por Decreto.

DECRETO 8243/2014 cria a “POLITICA NACIONAL DE PARTICIPAÇÃO SOCIAL” na tentativa de implantar o REGIME PETISTA DE GOVERNAR, ao jeito, tem o objetivo de concentrar poderes autoritários à uma unica Secretaria, neste caso ao Secretário Geral da União… Felizmente a população acordou e se manifestou contra o Decreto nas redes sociais, já a imprensa teve seu papel importante ao relatar o proclamo da sociedade, e a Câmara Federal, de forma democrática aprovou o PDC 1491/14 que susta/derruba o Decreto Presidencial…

Neste dia 4 de novembro/14, Aécio Neves (candidato da oposição derrotado nas urnas), foi recebido com clamor no Senado Federal… De volta ao Poder de Legislar, o Senador assumiu a posição de liderar o grupo da oposição em defesa dos projetos de interesse da sociedadee do Brasil… E isto é o que a sociedade e o País mais precisam no momento…

Neste dia 4 de novembro/14, no Senado Federal, os “governistas de plantão” já iniciaram as criticas em relação a decisão tomada na Câmara Federal, e ao fazer uso da tribuna, Senadores ao tempo em que criticaram os Deputados, defenderam o Decreto 8243/14 justificando que os “conselhos populares já existem a muito tempo e já fazem parte do processo da administração pública…

Neste dia 04/11/14 foi a vez da Senadora Gleise PT – Paraná, Ana Rita PT – Espirito Santo, Roberto Requião PMDB – Paraná, entre outros Senadores, já se opuseram à decisão da Câmara e passaram a defender o REGIME PETISTA a ser implantado através de tal decreto com o objetivo de se perpetuarem no poder…

O AGRONEGÓCIO BRASILEIRO vem sofrendo e muito com o sistema “informal” do REGIME PETISTA… Portanto amigos produtores rurais, devemos voltar as atenções para o Senado Federal, porquê se permanecer o Decreto, o Secretário Geral da Presidência da Republica Gilberto Carvalho terá institucionalizado uma estrutura de governo com maior poder de persuadir os “conselheiros”…

Todos nós produtores rurais sabemos que para produzir conflitos e insegurança jurídica no meio rural, a Secretaria da Presidência já tem tomado proveito da “participação social” fazendo uso das estrutura do CIMI, da FUNAI, do MST, e de dezenas de ONGs para infernizar a vida dos proprietários rurais…

Além dos Senadores Aécio Neves e Alvaro Dias entre outros da oposição, qual a liderança do setor AGROPECUÁRIO que nos defenderá no Senado???…

Cadê a ex- rainha da motosserra – Senadora KATIA ABREU???

A senadora que auto se denomina como a “principal líder do agronegócio”… No entanto se alinha ao REGIME PETISTA em troca de conchavos politico partidário…  Vai ela nos defender???

Os “governistas de plantão” já estão fazendo uso da tribuna do Senado para defender o DECRETO 8243/14 e institucionalizar o regime petista… e a Senadora da Dilma, quando vai se pronunciar???

…Ou vai simplesmente “dialogar”…  A “HISTÓRIA” PODE SER BOA CONSELHEIRA, NINGUÉM DEVE SE ESQUECER DE QUE AGRICULTURA É OFÍCIO DE HOMENS LIVRES. …. Sim, estas são suas palavras escritas Senadora Katia Abreu… use delas e livre a AGRICULTURA deste ATO DITATORIAL que a sua Presidente Dilma tenta impor com o objetivo de institucionalizar poderes a um grupo de  “CONSELHEIROS” …

A Senadora, colunista de jornal, da a entender que NÃO SONHA com uma agricultura socialista, mas deve estar num SONO PROFUNDO, e já passa da hora de ACORDAR para fazer uso da tribuna e se posicionar CONTRA O DECRETO 8243/14…

Este é o “CLAMOR” (não do mundo Senadora), MAS DOS PRODUTORES RURAIS DO BRASIL INTEIRO… Faça uso na prática das suas próprias palavras escritas em sua coluna,  use delas na tribuna do Senado em defesa dos produtores rurais do Brasil… Suba na tribuna em defesa de quem produz e “clame perante a sociedade e o Estado para que não se acrescentem outras incertezas a seu duro oficio, além daquelas que provêm da natureza e dos mercados”  … (http://www1.folha.uol.com.br/colunas/katiaabreu/2014/10/1531019-oficio-de-homens-livres.shtml).

Em relação a este ATO DITATORIAL IMPOSTO ATRAVÉS DO DECRETO 8243/14 não podemos dar “trégua” para a Presidente Dilma Senadora…  “Agricultura é oficio de homens livres” … Portanto ajude a livrar este País deste Decreto ditatorial que institucionaliza o interesse particular de um Secretário da Presidência em beneficio de um Partido Único… o PT…

Por Valdir Edemar Fries. Produtor rural em Itambé – Pr.

Sobre valdirfries

Téc. Agropecuário - 1980. Extensionista Rural da ACARPA/EMATER-Pr entre os anos 1981 a 1987, com serviços prestados nas regiões de UNIÃO DA VITÓRIA, CURITIBA, PATO BRANCO. Na região de MARINGÁ trabalhou mais especificamente na RECUPERAÇÃO E CONSERVAÇÃO DE SOLO E ÁGUA - responsável téc. a nível de campo na implantação da adequação das estradas rurais nos municípios de FLORESTA E ITAMBÉ - Pr, concluindo os trabalhos do sistema de microbacias integradas em 100 % da área territorial dos dois municípios). PLANEJAMENTO E ASSESSORIA AGROPECUÁRIA - 1987 a 1996 em áreas do Estado do Paraná e do MATO GROSSO (Nova Mutum, Lucas do Rio Verde e Sorriso). Secretário de agricultura e meio ambiente de Itambé - Paraná de 88 a 1996. Vereador em Itambé - 97 a 2000. PLANEJAMENTO E ASSESSORIA PÚBLICA a partir de 1996, Com especialização na elaboração de planos de trabalho dos programas de governo; SICONV; De 1997 a 2010 realizou o acompanhamento e tramitação de processos de convênio de Municípios Paranaense junto aos Ministérios de Estado em Brasilia. Produtor Rural - Itambé Pr, a partir de 2008 tem se dedicado principalmente nas atividades da produção agrícola e na edição de artigos relacionados ao AGRONEGÓCIO BRASILEIRO.
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , . Guardar link permanente.