AUMENTO DOS COMBUSTÍVEIS – DILMA PRESERVA A CLASSE MÉDIA ALTA E FERA OS TRABALHADORES, OS PRODUTORES E ATINGE DIRETAMENTE OS POBRES E MISERÁVEIS

A partir das 0:00 horas desta sexta feira o aumento dos combustíveis esta autorizado pelo Governo Federal… Um governo que sempre negou qualquer aumento no decorrer da campanha eleitoral… Agora logo após eleita já subiu os juros, a energia elétrica e agora autoriza o aumento do combustível…

O aumento diferenciado entre os índices da gasolina e do óleo diesel, fica fácil creditar ao governo que os aumentos preservam o governo das criticas da grande massa da população, quando determina para a gasolina um aumento de 3 % e para o óleo diesel de 5 %.

A classe MÉDIA/ALTA é poupada com o aumento da gasolina…

Já o aumento do óleo dieses que influencia diretamente o custo dos transportes, que se inicia com o transporte dos insumos para o plantio, também do produtor colhido, custo do próprio plantio, da colheita e do transporte da distribuição dos alimentos aos supermercados, devem provocar um aumento significativo nos preços dos alimentos… Ou seja, os pobres e miseráveis serão os mais penalizados diretamente com o aumento do óleo diesel por se refletir diretamente no aumento dos custo dos alimentos…

033

 

O aumento do óleo diesel também reflete diretamente no custo do transporte urbano e aí o pobre dos trabalhadores pagarão pelo aumento das passagens…

Interessante as distorções em relação ao aumento dos combustíveis… Ao preservar a classe média alta do aumento da gasolina, o governo abre oportunidade para que esta faixa da população continuem usando do transporte particular, deixando de usar o transporte coletivo, congestionando ruas e avenidas e consequentemente aumento da emissão do dióxido de carbono na atmosfera… Cadê as ONGs ambientalista para analisar este fator??? Hahhh… Sim, as ONGs ambientalistas a estas alturas não se manifestam quanto a questão ambiental, pois fazem parte do conluio…

O ESTELIONATO ELEITORAL esta apenas revelando os primeiros sinais ao eleitorado do PT… Infelizmente são os pobres e os miseráveis que o governo mais atinge com índices diferenciados de aumento… Bem, e quem diz que o governo do PT esteja preocupado com os pobres, miseráveis e com os trabalhadores??? Faço a pergunta apenas destes, porque como os produtores rurais que usam do óleo diesel para operar as maquinas e viabilizar as operações agrícolas do plantio a colheita… não precisamos perguntar… Já sabemos que o governo e o próprio PT até despreza esta classe que fica aí produzindo alimento.

Com esta medida tomada com diferencial dos índices de aumento dos combustíveis, o Governo do PT reafirma sua meta de acabar com os miseráveis…

Um método pouco popular, mas com o aumento do preço dos alimentos o governo vai diminuir o numero dos miseráveis através do aumento da fome junto à queles que menos recursos possuem para adquirir seu alimento…. Este é o País da controvérsia.

Por Valdir Edemar Fries – Produtor rural em Itambé – Pr.

Sobre valdirfries

Téc. Agropecuário - 1980. Extensionista Rural da ACARPA/EMATER-Pr entre os anos 1981 a 1987, com serviços prestados nas regiões de UNIÃO DA VITÓRIA, CURITIBA, PATO BRANCO. Na região de MARINGÁ trabalhou mais especificamente na RECUPERAÇÃO E CONSERVAÇÃO DE SOLO E ÁGUA - responsável téc. a nível de campo na implantação da adequação das estradas rurais nos municípios de FLORESTA E ITAMBÉ - Pr, concluindo os trabalhos do sistema de microbacias integradas em 100 % da área territorial dos dois municípios). PLANEJAMENTO E ASSESSORIA AGROPECUÁRIA - 1987 a 1996 em áreas do Estado do Paraná e do MATO GROSSO (Nova Mutum, Lucas do Rio Verde e Sorriso). Secretário de agricultura e meio ambiente de Itambé - Paraná de 88 a 1996. Vereador em Itambé - 97 a 2000. PLANEJAMENTO E ASSESSORIA PÚBLICA a partir de 1996, Com especialização na elaboração de planos de trabalho dos programas de governo; SICONV; De 1997 a 2010 realizou o acompanhamento e tramitação de processos de convênio de Municípios Paranaense junto aos Ministérios de Estado em Brasilia. Produtor Rural - Itambé Pr, a partir de 2008 tem se dedicado principalmente nas atividades da produção agrícola e na edição de artigos relacionados ao AGRONEGÓCIO BRASILEIRO.
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , . Guardar link permanente.