O RECADO ESTA DADO, PRODUTORES RURAIS PODEM PARAR O BRASIL – O CONGRESSO NACIONAL QUE DEIXE DE MARACUTAIA.

A Lei de transito, como a grande maioria das Leis Brasileiras aprovadas e sancionadas ficam sempre a depender de resoluções e normativas que estabelecem regras e obrigações para a sociedade, impondo à sociedade uma garga tributária que aumenta em desproporção com o próprio rendimento. Não bastasse os Decretos que determinam índices de aumentos tributários dos serviços públicos muito além dos próprios índices inflacionários divulgados pelo Governo, o Governo vem a cada dia tentando criar a cobrança de novos impostos através das resoluções/normativas…

É o que acontece com a Lei de Transito (http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9503.htm), que ao ser regulamentada em 2008 através da normativa 281/2008 do CONTRAN, o Governo viu a oportunidade de aumentar seus tributos impondo o licenciamento/emplacamento das maquinas e dos tratores agrícolas…

Esta normativa gerou polemica na época, e de lá pra cá vem se arrastando entre as prorrogações de prazo para entrar em vigor… de 2008 ficou para 2012, de 2012 ficou para janeiro de 2015, e agora, bem agora com toda mobilização dos produtores rurais, pressionada a Frente Parlamentar da Agricultura negocia com o Governo mais uma prorrogação, agora para entrar em vigor em 1 de janeiro de 2016, com isto o Congresso Nacional tentará de uma vez por todas remendar sua própria maracutaia, conforme relatei ainda em novembro/14 (http://www.noticiasagricolas.com.br/noticias/agronegocio/149046-dilma-vence-e-lei-do-emplacamento-agora-e-pra-valer.html#.VI11oSvF-To)…

A indignação da sociedade Brasileira com o aumento dos impostos e a implantação de novas cargas tributárias se refletiu principalmente em meio aos produtores rurais… Todos clamavam pela mobilização do setor agropecuário contra a normativa que definia o inicio da cobrança do licenciamento/emplacamento para janeiro de 2015… Isto ficou claro em todos os comentários dos produtores rurais de todo o  Brasil… Devemos parar??? … SIM, se nada for feito devemos continuar as paralisação… O RECADO FOI DADO NO DIA 11 DE DEZEMBRO, com o manifesto dos produtores rurais indo para as rodovias demonstrando o que será do transito caso seja licenciado o emplacamento das maquinas e dos tratores agrícolas…

A indignação em que os produtores se manifestaram nos comentários do http://www.noticiasagricolas.com.br/ nas reportagens do http://www.canalrural.com.  http://maringa.odiario.com/ , entre outros meios de comunicação que deram apoio, foi nas redes sociais, principalmente através da pagina https://www.facebook.com/avozdocampo?pnref=story que somado a esta imagem EMBLEMÁTICA que circulou nas redes socais levou os produtores rurais a se mobilizar, demonstrando que maquina licenciada/emplacada deve gerar um transtorno ainda maior nas rodovias Brasileiras.


Para mostrar para a SOCIEDADE BRASILEIRA nós produtores rurais não poderíamos deixar de se manifestar contra os abusos do poder que deve penalizar não somente o produtor rural com a taxação de um novo tributo, mas também a sociedade Brasileira com os consequentes aumento dos preços dos alimentos que devem se refletir ao longo do tempo dado ao aumento do custo de produção, e principalmente com o transito caótico que deve acontecer nas rodovias a partir do momento em que a tal medida de licenciar/emplacar maquinas e tratores agrícolas vigorar.

Segue algumas das imagens entre tantos pontos de paralisação em PROTESTO que aconteceu em diversos Estados Brasileiros, principalmente no Estado do Rio Grande do Sul e do Paraná…

(42)

(46)

Para ver mais imagens de tudo o que aconteceu nos manifestos que aconteceram em diversas regiões acesse o link do NOTICIAS AGRÍCOLAS- http://www.noticiasagricolas.com.br/noticias/agronegocio/149702-11-de-dezembro-produtores-do-brasil-se-manifestam-contra-o-emplacamento-de-veiculos-agricolas.html#.VI1-IivF-To … e o link da pagina A VOZ DO CAMPO – https://www.facebook.com/avozdocampo?pnref=story….

Imagens de toda movimentação dos produtores rurais de Itambé no Estado do Paraná que percorreram por 11 km a rodovia PR 546 até a cidade de Floresta, onde se uniram com os produtores daquela cidade e da região noroeste para PARALISAR E PROTESTAR NA RODOVIA BR 317 que liga MARINGÁ a CASCAVEL… Link – 

O RECADO ESTA DADO… Maquinas licenciada/emplacada vai provocar um caos no transito…. Os produtores Brasileiros, agora mais do que nunca continuarão mobilizados… Com ou sem o apoio das Instituições que os representam.

Por Valdir Edemar Fries – Produtor rural em Itambé – Pr.

 

Sobre valdirfries

Téc. Agropecuário - 1980. Extensionista Rural da ACARPA/EMATER-Pr entre os anos 1981 a 1987, com serviços prestados nas regiões de UNIÃO DA VITÓRIA, CURITIBA, PATO BRANCO. Na região de MARINGÁ trabalhou mais especificamente na RECUPERAÇÃO E CONSERVAÇÃO DE SOLO E ÁGUA - responsável téc. a nível de campo na implantação da adequação das estradas rurais nos municípios de FLORESTA E ITAMBÉ - Pr, concluindo os trabalhos do sistema de microbacias integradas em 100 % da área territorial dos dois municípios). PLANEJAMENTO E ASSESSORIA AGROPECUÁRIA - 1987 a 1996 em áreas do Estado do Paraná e do MATO GROSSO (Nova Mutum, Lucas do Rio Verde e Sorriso). Secretário de agricultura e meio ambiente de Itambé - Paraná de 88 a 1996. Vereador em Itambé - 97 a 2000. PLANEJAMENTO E ASSESSORIA PÚBLICA a partir de 1996, Com especialização na elaboração de planos de trabalho dos programas de governo; SICONV; De 1997 a 2010 realizou o acompanhamento e tramitação de processos de convênio de Municípios Paranaense junto aos Ministérios de Estado em Brasilia. Produtor Rural - Itambé Pr, a partir de 2008 tem se dedicado principalmente nas atividades da produção agrícola e na edição de artigos relacionados ao AGRONEGÓCIO BRASILEIRO.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.